quinta-feira, 24 de Julho de 2014

GD Oriolenses OS Oriolenses


E mais um reforço para o nosso plantel,trata se de José Verdades!
José é um atleta com uma grande esperiencia no distrital de beja e na 3 divisao nacional, atleta que no ano passado representou o vasco da gama da vidigueira, vem agora para a sua primeira aventura no distrital de Evora!
Ze que é um jogador muito polivalente que joga em varias posiçoes no terreno de jogo! Ze está com uma enorme vontade de vir jogar para o nosso clube,por isso o clube deseja te as melhores felicidades e muitas conquistas!
Fonte: Facebook dos Oriolenses apoio Antonio Bernardino

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Núcleo Sportinguista de Beja vai hoje a votos


Núcleo Sportinguista de Beja vai hoje a votos
Núcleo Sportinguista de Beja vai hoje a votos
Noticia de Ana de Freitas

A Direcção do Núcleo Sportinguista de Beja reúne-se esta noite, em Assembleia-geral, para eleger novos corpos directivos.
A sessão está agendada para as 21.30 horas, realiza-se nas instalações da sede do Núcleo, em Beja, e da ordem de trabalhos constam dois pontos: “Eleição dos novos corpos directivos” e “Diversos assuntos relacionados com a vida do Núcleo”.
Fonte:  http://www.vozdaplanicie.pt

Futebol de Praia: Arrancou torneio feminino

A Suiça venceu a Inglaterra por 9-5, na praia da Baía (Espinho), no jogo de abertura do 1.º Torneio Internacional de Futebol de praia feminino.
Futebol Praia - Seleção Nacional
As seleções da Inglaterra e da Suiça deram o pontapé de saída na prova que dá os primeiros passos da modalidade no areal de Espinho. Passando despercebida a condição de estreantes, as duas formações proporcionaram um bom espetáculo de futebol de praia, com muita dedicação e jogadas bonitas, contribuindo para o avolumar dos golos contabilizados (14).

A Suiça acabou por demonstrar maior capacidade de concretização, somando a primeira vitória na prova.

Esta quinta-feira será a vez da Seleção Nacional de Futebol de Praia feminino se estrear, perante a Inglaterra, em jogo agendado para as 18h00.



Fotos BSWW
Fonte: FpF.PT

Europeu Sub-19: Ivo Rodrigues empenhado em vencer a Áustria

Extremo quis ser cantor no início da adolescência, mas não vai em cantigas quando o assunto é o Campeonato da Europa: "Não vai haver relaxamento depois do 6-1". 
Futebol Sub-19
O extremo Ivo Rodrigues foi o porta-voz dos Sub-19 lusos na ressaca da goleada à Hungria. Portugal já está apurado para as meias-finais do Campeonato da Europa, mas o jogador garante que a armada das Quinas só admite vencer na terceira e última jornada do Grupo A.
"A nossa postura é a mesma: vencer o jogo que se segue. Não vai haver relaxamento depois do 6-1, porque estamos sempre motivados para ganhar. Nós queremos ganhar à Áustria para conquistar o 1.º lugar do grupo", avisou o jovem, que marcou de penálti e assistiu André Silva para o primeiro dos seus quatro golos à Hungria.
Natural de Rio Tinto, e a jogar no FC Porto desde os 10 anos, o extremo defende que "Portugal deve manter os níveis de intensidade dos primeiros jogos". "Para chegarmos fortes à meia-final, temos de ser fiéis a essa identidade. Se baixarmos o nível frente à Áustria, poderemos ter surpresas más a seguir", explicou.
Apesar do discurso pragmático, Ivo não escondeu que "houve festa rija no balneário" porque conseguiram "duas qualificações, para as meias do Europeu e para o Mundial Sub-20". "No campo, festejámos pouco, mas lá dentro houve brincadeiras e muitas canções alegres", disse, confessando que foi um dos que soltou mais a voz, "apesar de não ter jeito para cantar".
"O mais engraçado é que queria ser cantor aos 12 anos. Um futebolista-cantor. Até me imaginava numa 'boys band'. Nessa altura, não percebia que a minha voz era uma cana rachada", atirou, entre risos.
Sobre o entendimento perfeito com o ponta-de-lança André Silva, foi claro: "Como jogamos juntos há seis ou sete anos, entendemo-nos quase de olhos fechados". 
"O mesmo acontece com o Tomás [Podstawski] e o Francisco [Ramos]. Do Rafa nem falo, porque é mesmo de olhos fechados: o jogo começa e parecemos almas gémeas na faixa esquerda", acrescentou.
Nas meias-finais do Campeonato da Europa, é-lhe "indiferente" o adversário que calhará à Equipa das Quinas: "Não queremos evitar ninguém. Ucrânia, Alemanha, Sérvia, são todas seleções fortes". "Queremos é chegar lá a cem por cento, física e mentalmente. Com trabalho e humildade, o nosso futebol há-de fluir e conseguiremos vencer outra vez", resumiu.

Ivo Rodrigues focado no jogo de sexta-feira com a seleção da Áustria.
Fotos - UEFA/Sportsfile
Fonte: FpF.PT

Seleção Sub-19: Europeu terminou para Nuno Santos

Extremo está impedido, por lesão, de jogar mais no Campeonato da Europa e vai iniciar tratamentos junto do seu clube. Na despedida, fez um pedido especial aos companheiros.
Futebol Sub-19
Está confirmado o pior cenário. Nuno Santos vai falhar o resto do Campeonato da Europa, porque a ressonância magnética a que foi submetido confirmou uma lesão que ultrapassa a duração da mais importante competição europeia de seleções Sub-19.
O extremo viaja esta quarta-feira para Lisboa, a partir do Aeroporto Internacional de Budapeste, e apresentar-se-á no Benfica para iniciar um plano de tratamentos. 
Recorde-se que Nuno Santos lesionou-se no joelho esquerdo durante um treino da Seleção em Budaörs. Antes da lesão, teve a oportunidade de se estrear no Campeonato da Europa, tendo contribuído com uma assistência para o triunfo de Portugal sobre Israel, por 3-0.
Na despedida de Budapeste, Nuno Santos revelou tristeza por abandonar a Seleção e deixou uma mensagem especial aos companheiros: "Tragam a Taça no dia 1 de Agosto. Eu acredito muito neste grupo. Estarei à vossa espera na Portela", disse. 
Emocionados, os comandados de Hélio Sousa despediram-se do colega um a um e ofereceram-lhe uma camisola autografada por todos.

Nuno Santos leva a melhor sobre um defesa da Seleção de Israel
Foto: UEFA/Sportsfile
Fonte: FpF.PT

Fut. de Praia Feminino: "Está a ser uma experiência muito boa

Regina Pereira diz que era impossível recusar o convite para representar Seleção Nacional feminina de futebol de praia e faz um balanço muito positivo dos primeiros dias de trabalho com o Selecionador Nacional Mário Narciso.
Futebol Praia - Seleção Nacional
Uma tentação a que não era possível resistir. A internacional portuguesa (em futebol de onze) Regina Pereira está a ter a primeira experiência no futebol de praia a convite da FPF e mostra-se entusiasmada com os primeiros treinos desta recém-formada Equipa das Quinas: "Aceitei este convite sem pensar duas vezes. Representar o nosso país e trazer este símbolo ao  peito nunca pode ser rejeitado. É uma situação nova para todas e admito que ao início estávamos um pouco receosas. No entanto, até agora o balanço tem sido muito positivo, o treinador também nos dá todas as instruções necessárias e fez-nos sentir confortáveis com tudo o que íamos encontrar aqui", salientou.

As especificidades do futebol de praia estão a ser bem apreendidas pelo grupo de trabalho, garante a defesa: "O futebol de praia exige muita resistência e uma maior disponibilidade física. A bola não rola tanto como no futebol de onze, há sempre mudanças constantes de trajetória e temos de estar atentas a isso. Ver na televisão não é a mesma coisa que estar em campo! Temos de estar atentas a todas as regras, a todos os movimentos e o selecionador está sempre disponível para esclarecer qualquer dúvida que surja. Tudo tem corrido bem e a adaptação tem sido conseguida."

Na véspera da estreia da Seleção Nacional de Futebol Feminino no Mundialito, Regina Pereira revelou ainda [n.d.r esta quinta-feira, pelas 18h00, diante  da Inglaterra] o espírito de conquista que norteia as seleções nacionais está sempre presente entre as comandadas de Mário Narciso: "Estamos aqui para ganhar os jogos e fazer o melhor que podemos para dignificar o símbolo que temos ao peito! Esta é uma experiência nova, vamos  procurar desfrutar, mas sempre com a noção da nossa grande responsabilidade."

Foto FPF
Fonte: FpF.PT

Curso sobre medicina do futebol

Vai ser apresentado, esta sexta-feira, na Sede da FPF, o curso “Emergências no terreno de jogo – competências e responsabilidades do médico de equipa”.
FPF
A Conferência de Imprensa, que contará com as participações do vice-presidente da FPF, Rui Manhoso, do presidente da AMEF, João Pedro Mendonça e de um dirigente da mesma associação, Filipe Serralva, terá lugar no Auditório Manuel Quaresma da Sede da Federação Portuguesa de Futebol, a partir das 18h00, na próxima sexta-feira, 25 de julho.

O curso, da responsabilidade da Associação Nacional de Médicos de Futebol, em parceria com a FPF, decorrerá no próximo fim-de-semana (26 e 27 de julho), na sede do organismo que tutela o futebol português.

A ação, acreditada pela UEFA, pretende constituir um momento de formação destinada aos médicos dos clubes dos dois escalões profissionais, com o objetivo de garantir a proteção da integridade física e cuidados de saúde de qualidade aos futebolistas.


Foto: FPF/Francisco Paraíso
Fonte: FpF.PT

Europeu Sub-19: "Missão duplamente cumprida"

O Treinador Nacional regozijou-se pela passagem às meias-finais e pela qualificação de Portugal para o Mundial Sub-20. Sobre o 6-1 à Hungria, disse que vale apenas três pontos.
Futebol Sub-19
No final da partida, o Treinador Nacional mostrou-se feliz pela dupla qualificação de Portugal, mas avisou que o jogo com a Áustria, agendado para sexta-feira, não será para cumprir apenas calendário
Hélio Sousa em discurso direto:
"Foi um jogo difícil, apesar de o resultado volumoso (6-1) indiciar o contrário. A primeira parte foi complicada, porque o terreno do jogo estava carregado de água e favorecia o jogo físico da Hungria. Conseguimos adaptar-nos e levar uma vantagem para o intervalo. Depois de fazermos o 3-0, já na segunda parte, sofremos um golo que poderia ter complicado os nossos planos para os últimos 15 minutos, mas reagimos bem e conseguimos uma vantagem que nos deixou mais confortáveis. Marcar seis golos ou marcar só um vale o mesmo: três pontos. Importante é a missão duplamente cumprida, o facto de termos concretizado dois objetivos muito importantes para nós: a terceira qualificação consecutiva para o Mundial Sub-20 e a passagem às meias-finais do Europeu. Agora é manter a humildade e preparar o jogo com Áustria. Não é um jogo para cumprir calendário; é mais um jogo em que vamos mostrar a nossa identidade e dar tudo para conseguir a vitória".
Marcador de quatro golos, André Silva também usou a palavra no final do jogo:
"Sinto-me feliz por ter ajudado a equipa, mas este jogo já acabou. Fizemos o que tínhamos a fazer e agora há que pensar no próximo desafio, diante da Áustria [sexta-feira]. Era um sonho fazer tantos golos num só jogo. Com a camisola da Seleção, ainda não tinha marcado tantos, mas no FC Porto fiz dois 'pokers' ao Boavista e à Oliveirense, há duas épocas. O que se segue? É continuar a trabalhar com qualidade e humildade. Eu e toda a equipa".
Gelson Martins, autor do golo mais vistoso da noite, recusou o favoritismo de Portugal na próxima fase do Europeu:
"Reconheço que o golo foi bonito e que foi importante para animar Portugal, depois de o adversário ter marcado. Não diria que é o melhor na minha carreira, mas teve certamente um sabor especial. O próximo jogo, com a Áustria, também é para ganhar. É para isso que aqui estamos. Se somos favoritos na próxima fase? Não vejo as coisas assim. Apenas estamos a cumprir os nossos objetivos. Passo a passo rumo ao sonho"
Fonte: FpF.PT

L C D Arraiolense - Continua a apresentar o plantel


L C D Arraiolense - Plantel Praticamente Completo com mais estas 4 Caras