sexta-feira, 31 de julho de 2015

Associação Comunicado Oficial n.º 1 da AFBeja


Comunicado Oficial n.º 1 da AFBeja
Associação

Comunicado Oficial n.º 1 da AFBeja

Conforme CO n.º 1 da AFBeja, o período de filiação e inscrição em provas decorre entre 1 e 31 de julho
Para conhecimento de todos os interessados, a AFBeja divulga o Comunicado Oficial n.º 1 relativo à época 2015/2016. 
Os boletins de inscrição em provas de futebol e de Futsal podem ser obtidos nos links abaixo. 
O período de filiação e inscrição em provas decorre entre o dia 01 e 31 de julho de 2015 (período normal). 
Entre 03 e 10 de agosto de 2015, há um agravamento de 50% 
.
Para consultar e/ou obter o documento clique nos links abaixo:
- Comunicado Oficial n.º 1 - Época 2015/16
- Boletim de inscrição em provas - Futebol
- Boletim de inscrição em provas - Futsal
Fonte: AFBeja.com

Castrense e Moura começam época em Évora e no Barreiro

As equipas do Castrense e do Moura vão iniciar a sua participação na Série H do Campeonato Nacional de Seniores fora de casa, em Évora e no Barreiro, respectivamente.
A primeira jornada da competição está agendada para o dia 23 de Agosto, com o emblema de Castro Verde a visitar o Estádio Sanches de Mirando, campo do Juventude de Évora, enquanto os mourenses vão jogar ao reduto do “histórico” Barreirense.
As duas equipas representantes do distrito de Beja nos escalões nacionais vão defrontar-se à sétima jornada, no dia 25 de Outubro, em Castro Verde, sendo que o jogo da segunda volta, em Moura, está agendado para o dia 10 de Janeiro.
O sorteio do calendário do Campeonato Nacional de Seniores da época 2015-2016 realizou-se esta sexta-feira, 31, de manhã, na sede da Federação Portuguesa de Futebol.
Na mesma ocasião foram igualmente sorteados os jogos da primeira eliminatória da Taça de Portugal, agendada para o dia 6 de Setembro.
O sorteio ditou que em Castro Verde haverá “dérbi” baixo-alentejano entre FC Castrense e Vasco da Gama da Vidigueira, enquanto o Moura AC vai jogar no campo dos algarvios do Almansilense. Já o Milfontes recebe em casa o Sp. Viana, de Viana do Alentejo (Évora).
Fonte: http://www.correioalentejo.com

Sabóia AC desiste da 1ª divisão distrital

É um facto consumado: apesar de ter garantido a manutenção, o Sabóia AC não vai participar na 1ª divisão distrital de Beja em 2015-2016, optando por entrar na 2ª divisão.
A decisão foi tomada pela recém-eleita direcção do clube nos últimos dias e tem por base as dificuldades financeiras que a instituição enfrenta depois de uma temporada a andar com a “casa às costas” para treinos e jogos.
Esta desistência “prende-se com o facto de ainda não sabermos quando vamos ter o campo em condições para jogarmos de novo em Sabóia e também com o aumento das despesas registado na época passada, pois levámos o ano inteiro a alugar campos para treinar e jogar”, reconhece ao “SW” o presidente do clube.
“Temos poucos recursos, poucos apoios e atendendo às circunstâncias não nos vamos endividar para ficar para a 1ª divisão. Daí a opção de irmos para a 2ª divisão, para não acabar o futebol na aldeia”, continua Garcia Rodrigues, acrescentando: “Até ponderámos não entrar em campeonato nenhum, porque fazer futebol fora da aldeia está fora de questão. Temos a experiência do ano passado, em que passámos um mau bocado por jogarmos sempre fora”.
O líder máximo do Sabóia AC admite que a decisão não foi tomada de ânimo leve, mas a razão acabou por sobrepor-se à emoção.
“Custou um pouco, porque queremos sempre mais. Somos pequenos mas somos ambiciosos! Mas foi uma decisão que tinha de ser tomada, pois o ano passado o orçamento disparou em virtude de alugarmos campos para treinar e jogar. E este ano estamos a passar por dificuldades financeiras por isso”, justifica.
Fonte: http://www.jornalsudoeste.com/

Milfontes recebe Sp Viana na estreia na Taça de Portugal

Os alentejanos do Sp. Viana, de Viana do Alentejo (distrito de Évora), vão “apadrinhar” a estreia da equipa do Praia de Milfontes na edição de 2015-2016 da Taça de Portugal.
O sorteio da primeira eliminatória da “prova-rainha” do futebol português realizou-se esta sexta-feira, 31, de manhã, na sede da Federação Portuguesa de Futebol, tendo a sorte ditado que a equipa de Vila Nova de Milfontes jogue em casa a partida agendada para o dia 6 de Setembro.
Pela frente vai ter o Sp. Viana, equipa que em 2014-2015 foi vice-campeã na Divisão de Elite da Associação de Futebol de Évora.
Além do Praia de Milfontes, houve mais três equipas do distrito de Beja envolvidas no sorteio da primeira eliminatória da Taça de Portugal: o Moura AC vai visitar o Almansilense e o FC Castrense recebe em Castro Verde o Vasco da Gama da Vidigueira.
Fonte: http://www.jornalsudoeste.com/

CNS: destinos conhecidos

O sorteio do Campeonato Nacional de Seniores decorreu esta sexta-feira, na sede da Federação Portuguesa de Futebol. Fique a par dos resultados.
Camp. Nacional de Seniores
A nova época do Campeonato Nacional de Seniores arranca a 23 de agosto.
SÉRIE A
1 - GD Bragança
2 - AD Camacha
3 - AD Os Limianos
4 - Neves FC
5 - SC Vianense
6 - Vilaverdense FC
7 - SC Mirandela
8 - Juventude Pedras Salgadas
9 - Marítimo Madeira "B"
10 - CCD Minas Argozelo

SÉRIE B
1 - FC Felgueiras 1932
2 - AD Fafe
3 - AR São Martinho
4 - Mondinense FC
5 - CD Trofense
6 - Varzim SC
7 - AD Oliveirense
8 - GD União Torcatense
9 - Arões SC
10 - FC Vizela

SÉRIE C
1 - FC Pedras Rubras
2 - FC Tirsense
3 - CD Cinfães
4 - Gondomar SC
5 - CD Sobrado
6 - UD Sousense
7 - SC Coimbrões
8 - SC Salgueiros 08
9 - SC Vila Real
10 - Amarante FC

SÉRIE D
1 - AD Sanjoanense
2 - FC Cesarense
3 - Lusitânica FC
4 - Lusitano FC Vildemoinhos
5 - GD Oliveira Frades
6 - Anadia FC
7 - CD Estarreja
8 - Mortágua FC
9 - SC Bustelo
10 - GD Gafanha

SÉRIE E
1 - SC Praiense
2 - FC Oliveira Hospital
3 - SC Sabugal
4 - SC Angrense
5 - Clube Operário
6 - Ass. Académica Coimbra SF
7 - FC Pampilhosa
8 - GD Tourizense
9 - SC Ideal
10 - AD Nogueirense

SÉRIE F
1 - GD Peniche
2 - Sport Benfica Castelo Branco
3 - FC Crato
4 - GD Águias Moradal
5 - Naval Futebol
6 - Sertanense FC
7 - Caldas SC
8 - AC Alcanenense
9 - UD Leiria
10 - GD Vitória Sernache

SÉRIE G
1 - GD Coruchense
2 - Real SC
3 - AC Malveira
4 - GS Loures
5 - Eléctrico FC
6 - SC União Torreense
7 - SU Sintrense
8 - Casa Pia AC
9 - SU 1.º Dezembro
10 - SG Sacavenense

SÉRIE H
1 - CD Cova Piedade
2 - Moura AC
3 - Louletano DC
4 - CD Pinhalnovense
5 - FC Castrense
6 - Atlético SC
7 - SR Almansilense
8 - Juventude SC
9 - Lusitano FC (VRSA)
10 - FC Barreirense

Matriz de jogos 1.ª jornada (23.08.2015): 1-3, 8-5, 6-7, 4-9, 10-2; 2.ª jornada (30.08.2015): 3-10, 5-1, 7-8, 9-6, 2-4; 3.ª jornada (13.09.2015): 3-5, 1-7, 8-9, 6-2, 10-4; 4.ª jornada (20.09.2015): 5-10, 7-3, 9-1, 2-8, 4-6; 5.ª jornada (04.10.2015): 5-7, 3-9, 1-2, 8-4, 10-6; 6.ª jornada (10.10.2015): 7-10, 9-5, 2-3, 4-1, 6-8; 7.ª jornada (25.10.2015): 7-9, 5-2, 3-4, 1-6, 10-8; 8.ª jornada (01.11.2015): 10-9, 2-7, 4-5, 6-3, 8-1; 9.ª jornada (08.11.2015): 9-2, 7-4, 5-6, 3-8, 1-10.
Fonte: FpF.PT

Taça de Portugal: nova aventura à porta

A I eliminatória da Taça de Portugal será disputada no dia 6 de setembro. O sorteio dos jogos da primeira etapa decorreu esta sexta-feira.
Taça de Portugal
Ainda sem o contributo dos clubes das competições profissionais, realizou-se, esta sexta-feira, o sorteio da I eliminatória da Taça de Portugal.
Os 118 clubes participantes nesta primeira etapa da Prova Rainha ficaram a conhecer a sorte para o arranque de mais uma época desportiva.

Eis o resultado do sorteio:

SÉRIE A
1. GD União Torcatense (CNS) x SC Maria da Fonte (D)
2. Águia FC (D) x FC Amares (D)
3. Atlético Arcos AD (D) x AD Limianos (CNS)
4. SC Vianense (CNS) x Neves FC (CNS)
5. CDC Montalegre (D) x GD Vitorino Piães (D)
6. AD Pontassolense (D) x CCD Minas Argozelo (CNS)
7. Vilaverdense FC (CNS) x GD Bragança (CNS)
8. AD Camacha (CNS) x Juventude Pedras Salgadas (CNS)

SÉRIE B
1. AR São Martinho (CNS) x Arões SC (CNS)
2. AD Fafe (CNS) x FC Vizela (CNS)
3. Mondinense FC (CNS) x SC Mirandela (CNS)
4. FC Tirsense (CNS) x FC Felgueiras 1932 (CNS)
5. SC Vila Real (CNS) x Amarante FC (CNS)
6. FC Pedras Rubras (CNS) x AD Oliveirense (CNS)
7. CD Trofense (CNS) x CD Sobrado (CNS)

SÉRIE C
1. AD Sanjoanense (CNS) x UD Sousense (CNS)
2. Gondomar SC (CNS) x SC Coimbrões (CNS)
3. SC Bustelo (CNS) x Lusitânia FC (CNS)
4. CD Cinfães (CNS) x SC Salgueiros 08 (CNS)
5. SC Régua (D) x SC Rio Tinto (D)
6. GD São Roque (D) x GD Torre de Moncorvo (D)
7. CF Oliveira do Douro (D) x FC Cesarense (CNS)

SÉRIE D
1. Lusitano FC Vildemoinhos (CNS) x GD Gafanha (CNS)
2. CD Estarreja (CNS) x CF Carregal do Sal (D)
3. GD Tourizense (CNS) x FC Oliveira Hospital (CNS)
4. GD Oliveira Frades (CNS) x AD Manteigas (D)
5. RD Águeda (D) x GD Trancoso (D)
6. Anadia FC (CNS) x SC Sabugal (CNS)
7. SC Penalva Castelo (D) x Mortágua FC (CNS)

SÉRIE E
1. CD Alcains (D) x Clube Operário (CNS)
2. CD Rabo Peixe (D) x União FC (D)
3. GD Águias Moradal (CNS) x Fayal SC (D)
4. SC Ideal (CNS) x GR Vigor Mocidade (D)
5. FC Pampilhosa (CNS) x AD Estação (D)
6. SC Praiense (CNS) x Mira Mar SC (D)
7. AD Nogueirense (CNS) x Naval Futebol (CNS)
8. SC Angrense (CNS) x Ass. Académica Coimbra SF (CNS)

SÉRIE F
1. AC Alcanenense (CNS) x Elétrico FC (CNS)
2. GD Peniche (CNS) x Caldas SC (CNS)
3. GD Vitória Sernache (CNS) x FC Crato (CNS)
4. Sport Benfica Castelo Branco (CNS) x CD Amiense (D)
5. SC Leiria Marrazes (D) x GC Alcobaça (D)
6. UF Comércio Indústria Tomar (D) x UD Leiria (CNS)
7. Sertanense FC (CNS) x CF Gavionenses (D)

SÉRIE G
1. GD Alcochetense (D) x GS Loures (CNS)
2. AC Malveira (CNS) x FC Barreirense (CNS)
3. FC Mosteirense (D) x SU 1.º Dezembro (CNS)
4. Redondense FC (D) x SC Sacavenense (CNS)
5. Real SC (CNS) x SU Sintrense (CNS)
6. CD Cova Piedade (CNS) x SC União Torreense (CNS)
7. GD "O Coruchense" (CNS) x UA Povoense (D)
8. Casa Pia AC (CNS) x UD Vilafranquense (D)

SÉRIE H
1. CD Praia Milfontes (D) x SC Viana Alentejo (D)
2. CD Pinhalnovense (CNS) x Atlético SC (CNS)
3. SR Almansilense (CNS) x Moura AC (CNS)
4. GD Lagoa (D) x Amora FC (D)
5. Juventude SC (CNS) x Louletano DC (CNS)
6. FC Castrense (CNS) x CF Vasco Gama (D)
7. Lusitano FC (VRSA) (CNS) x LGC Moncarapachense (D)

Legenda:
CNS - Campeonato Nacional de Seniores
D - Campeonatos Distritais

Fonte: FpF.PT

Plataforma Saber Mais Arbitragem


A Plataforma Saber Mais Arbitragem foi renovada e tem novas perguntas e respostas e opções.
Trata-se de uma excelente ferramenta para todos os árbitros que ali podem fazer testes escritos ou perguntas individuais.
Clique aqui para aceder.


Fica também na barra lateral direita deste blog o link da mesma para acederem a qualquer hora.

Albano Fialho no CAR do Conselho de Arbitragem da FPF

Composição da CAR para 2015/16

Albano Fialho foi nesta época 2015/16 convidado pelo Conselho de Arbitragem da FPF para pertencer à Comissão de Apreciação de Reclamações.

Juntamente com Albano fazem ainda parte: António Soares Pinto, Carlos Matos, Elmano Santos, Fernando Ilídio Cardoso, João Esteves e José Pratas.
Trata-se de um lugar de prestígio para todos os técnicos especializados em arbitragem e que deixa a arbitragem bejense muito orgulhosa.
Albano Fialho é neste momento um dos mais antigos observadores de futebol nacionais há mais tempo nos quadros da FPF e LPFP, sendo que subiu ao nacional no longínquo ano de 1991.

NAFAN felicita Pedro Proença


O NAFAN endereça felicitações ao Dr. Pedro Proença, pela eleição para a presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

O Futebol Português e a Arbitragem em particular saem engrandecidas com a eleição do melhor árbitro português de sempre para um cargo desta importância.
Que seja o primeiro de muitos e que no futuro outros árbitros possam também ocupar cargos de relevo nas estruturas da FPF e LPFP.

Um desafio algo diferente


O Clube SerpaFit Challenge é a mais recente coletividade do concelho de Serpa. Fundado em 2015, assume a vocação para grandes desafios e incorpora a ambição de vir a tornar-se numa referência na região.

Texto e foto Firmino Paixão


Contribuir para o desenvolvimento do desporto no concelho de Serpa, oferecendo mais e melhores opções à população da margem esquerda do Guadiana e, em breve, tornar-se numa referência no universo desportivo regional, este é o desafio (challenge) que está no ADN da associação que teve o seu primeiro ato público com a realização do 1.º Trail Serpa Por Vales e Planícies. O SerpaFit Challenge é presidido por Fernanda Barradas, mas foi o dirigente Hugo Ramos que deu a conhecer este jovem projeto de associativismo nascido na “terra forte”.

Qual o âmbito da associação e em que áreas se pretende afirmar?
O SerpaFit Challenge pretende englobar várias atividades. O objetivo, de uma forma mais global, é desenvolver o desporto em Serpa, não só na cidade como no concelho, e, quem sabe, se um dia no distrito, não poderemos ser uma referência, porque temos várias áreas em que queremos intervir. O desporto é muito amplo, temos desportos de natureza, atividades de grupo, aulas em treino de força, também queremos desenvolver workshops de formação, mas daremos um passo de cada vez.

Sabendo quão forte e diversificado é o movimento associativo neste concelho, identificaram necessidade de intervirem numa determinada área?
Não, o nosso objetivo é intervir no desporto de uma forma muito ampla, muito diversificada. Por exemplo, não seremos um rival da câmara, mas queremos, isso sim, ser um ramo, um parceiro, como são as restantes associações que existem em Serpa.

A prova de trail foi o vosso primeiro evento e aquele que vos deu alguma visibilidade?
Foi o primeiro grande evento que promovemos, esperamos continuar as nossas atividades organizando outros grandes eventos ligados não apenas ao atletismo, mas que tenham a ver com outras modalidades. Elegemos o trail para o nosso primeiro grande evento porque é uma modalidade comum aos nossos gostos.

Sabendo que era uma atividade pouco conhecida e pouco praticada na região quiseram correr esse risco?
Sim, tal como o nosso nome indica, Challenge é desafio e nós vamos ao encontro desses desafios. Desafiar a população para a prática do atletismo, por exemplo. Se fizéssemos um evento de futebol que toda a gente conhece, e muitos praticam, não teria o mesmo impacto. Mas o trail é uma atividade recente e temos de promover um melhor conhecimento dessa modalidade, dá-la a conhecer à população de Serpa. O primeiro passo foi dado, daqui para a frente já podemos colocar objetivos mais ambiciosos. Vamos dando um passo de cada vez, agora, claro, temos de começar a investir na imagem, cada passinho que possamos dar será importante.

O atletismo é uma modalidade que não tem tradição em Serpa…
Queremos desenvolver o atletismo no concelho de Serpa e pretendemos fazê-lo em parceria com a Associação de Atletismo de Beja, promovendo a modalidade do Guadiana para cá, uma vez que na região de Beja e noutras sedes de concelho já existem alguns clubes. Divulgaremos o atletismo, mas fá-lo-emos também com as outras modalidades. Privilegiaremos o contacto com a natureza, divulgaremos as paisagens do nosso concelho e mostraremos os nossos produtos regionais, até para, de uma forma mais indireta, contribuirmos para o desenvolvimento da economia local.

Que espaço pretendem ocupar no movimento associativo desportivo local?
Esperamos ser uma referência no concelho de Serpa, mas temos também a ambição de levar o nosso nome a todo o distrito. Queremos que o SerpaFit se identifique não só pela prática desta ou daquela modalidade, mas pelo desafio, e cá está o Challenge. O nosso objetivo é desenvolver o desporto. Serpa é uma terra forte, não só na cultura, onde temos uma história muito forte, mas também queremos ser uma referência ao nível do desporto, ao nível do associativismo já temos uma palavra a dizer, mas ao nível do desporto temos de criar uma marca de Serpa e quando se falar em SerpaFit as pessoas terão que nos identificar.

Será mais do que um clube de Serpa, para todos os serpenses?
Não só para os serpenses, será para todos os que estiverem interessados em praticar desporto e estamos de braços abertos a toda a gente que nos queira apresentar outras ideias. Estaremos, naturalmente, disponíveis para as acolher.

Já têm outros eventos agendados?
Temos algumas ideias que são propostas recentes, que ainda não estão amadurecidas, terão de ser debatidas e avaliada a sua exequibilidade. Esperamos que não fiquem apenas pela discussão e vão efetivamente para o terreno.

Fonte:  http://da.ambaal.pt/